História da raça Cavalier King

Canil Cavalier Kings

A raça Cavalier King Charles Spaniel deriva da linhagem Spaniel, do cruzamento de pequenos Toy Spaniels com raças orientais, como o Chin Japonês, e talvez do Spaniel Tibetano.


Na Inglaterra, no período da monarquia Tudor, os Toy Spaniels eram muito populares, apareciam frequentemente nos quadros da época, agradavam as famíliase eram os mais comuns das mulheres do reino, pois serviam para aquecer os pés e o colo de suas donas e atrair para si as pulgas das pessoas. Nos anos de 1700, o Rei Charles II se encantou pelos Toy Spaniels, e era constantemente visto com alguns cãezinhos aos seus pés e ficaram tão associados ao Rei que acabaram conhecidos como "Spaniels do Rei Charles". Após a sua morte, aos poucos, os Toy Spaniels perderam popularidade e não foram mais vistos, com exceção dos Spaniels "Blenheim" brancos e castanhos, os preferidos do Duque de Marlborough que os criava em seu Palácio de Blenheim (daí ganham o nome de seu palácio), tanto para caça quanto para fazer companhia às damas.


No século XVIII, cães com focinho achatado, como o Pug, estavam na moda, e o Toy Spaniel passou a ser criado com o focinho cada vez mais curto, sendo então criado o King Charles Spaniel, atualmente chamado de English Spaniel, e os poucos cães que lembravam a raça com focinho mais longo foram considerados inferiores. Mas em 1924, uma reviravolta aconteceu quando o milionário americano Sr. Roswell Eldridge, apaixonado pelos Toys Spaniels, chegou à Inglaterra e decepcionou-se quando percebeu que os antigos Toy Spaniels com focinho comprido não existiam mais, e ofereceu prêmios em dinheiro, durante 05 anos consecutivos, para os criadores que levassem para a CRUFTS (mais antiga e tradicional exposição do mundo que acontece anualmente na Inglaterra) os melhores cães Spaniels com focinhos mais longos, lembrando o modelo antigo dos cães da época do Rei Charles II. Criadores começaram a desenvolver juntos seus cães do tipo antigo na tentativa de ganhar o prêmio, e começaram a gostar dos cachorros. Foi então recriada a raça e, para diferenciá-la dos cães criados na época com o focinho achatado, foi adicionada a palavra Cavalier na frente do nome King Charles Spaniel, em homenagem ao "rei cavaleiro", e acabaram ultrapassando os colegas Spaniels em popularidade, tornando-se uma das raças mais queridas da Europa. Em 1928, foi fundado o primeiro clube da raça Cavalier King Charles Spaniels, e escrito o padrão desta raça baseado em um cão chamado Ann´s Son, da proprietária Sra. Mostyn Walker. A raça só foi reconhecida na Inglaterra em 1945, e na América e Estados Unidos somente em 1996. No Brasil, a raça foi trazida pela criadora Suzan Grant, no Rio de Janeiro, na década de 1990.


Conheça o Padrão da Raça

Todos os Direitos Reservados © 2017 - Designed by: Th-Project.com